Por que investir em fundos?

Um fundo de investimento é como um condominio. Qual o objetivo de quem entra nesse condomínio? Por que entregar seu dinheiro para um fundo ao invés de investir você mesmo?

Existem alguns motivos que podem levar alguém a investir com a ajuda de um fundo: você conta com gestão profissional para o seu dinheiro, têm acesso à uma estratégia de diversificação a custos menores, podendo ter uma carteira de investimento que você não conseguiria montar sozinho. O investidor tem ainda a vantagem de conseguir resgatar rapidamente o seu dinheiro.

GESTÃO PROFISSIONAL

Quando você coloca dinheiro no fundo, está entregando suas economias para um gestor profissional cuidar. Ele é uma pessoa treinada para escolher aplicações e monitorar o mercado diariamente, avaliando quais as melhores opções de investimento. A não ser que você deseje se transformar em um investidor profissional, dificilmente terá tempo e preparo para acompanhar o mercado com a mesma profundidade e agilidade de um gestor profissional.

DIVERSIFICAÇÃO

O gestor do fundo procurará vários tipos de aplicações: colocará os ovos em várias cestas. Se acontecer algo errado com alguma aplicação, as que derem muito certo podem compensar essa perda. Ou seja, o fundo permite que você diversifique seus investimentos. Você poderia fazer isso sozinho, colocando seus recursos em vários tipos diferentes de aplicações. Mas isso tem um custo, e você pode não ter o volume de dinheiro suficiente para aplicar em um número grande de coisas. Quando você entra no fundo, se junta a muitos investidores. O fundo terá volume suficiente para diversificar os investimentos de uma forma que sozinho cada cotista não conseguiria.

CUSTOS MENORES

O fundo te ajuda a reduzir custos de transação. Manter um conjunto grande de aplicações e ajustar suas escolhas sempre têm custos: você precisa aplicar e resgatar recursos em vários momentos, comprar e vender ações, títulos e outros tipos de investimentos. No caso do fundo, assim como acontece no condomínio, os custos são diluídos porque são divididos por todos os investidores. Um exemplo disso é um gestor: para você sozinho provavelmente não seria possível contratar um profissional que se dedicasse a cuidar todos os dias dos seus investimentos. Milhares de investidores juntos no fundo conseguem fazer isso pagando uma taxa que serve dentre outras coisas para pagar o gestor que cuidará dos recursos.

FACILIDADE DE RESGATE

Quando uma pessoa aplica seus recursos, ela sempre tem um plano para aquele dinheiro. Imagine que você planejava algo, mas um imprevisto ocorreu e você precisa do dinheiro antes do que esperava. Dependendo do tipo de investimento que você fez, você poderá demorar um pouco para conseguir resgatar o dinheiro – imagine se você tivesse optado por um imóvel e tivesse que vendê-lo, por exemplo. O fundo oferece a vantagem de você conseguir resgatar seus recursos rapidamente. Você geralmente pode resgatar em um dia, em alguns fundos, ou com poucos dias de carência, em outros casos. No jargão do mercado financeiro, o fundo é um investimento com alta liquidez: liquidez é a velocidade com que você consegue transformar sua aplicação em dinheiro.

FÁCIL ACESSO À INFORMAÇÃO

Finalmente, um fundo é obrigado pelas regras brasileiras a divulgar todas as informações que os investidores precisam para acompanhar suas aplicações. Desde os documentos que mostram no que o fundo vai investir, até ao valor que a aplicação registra a cada dia. Ou seja: você sempre sabe o que está acontecendo com o seu dinheiro, o fundo é uma opção de investimento muito transparente.

Fonte: http://www.comoinvestir.com.br/fundos/porque-investir-em-fundos/paginas/default.aspx

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação