Por dentro dos fundos de investimento

Vários profissionais estão envolvidos na gestão e na administração de um fundo, e cada um tem um papel importante a desempenhar. Assim como em um condomínio é preciso de uma série de funcionários para cuidar do prédio, no caso de um fundo há várias empresas e profissionais envolvidos na tarefa de cuidar dos investimentos das pessoas. 

Além de entender o papel de cada um desses profissionais, é importante você conhecer para que serve cada documento do fundo e se familiarizar com os principais termos. Afinal, se decidiu aplicar seu dinheiro em um fundo, precisa a aprender o bê-á-bá desse tipo de investimento, certo?

A maior parte dos bancos disponibiliza esses documentos na internet. Mas você pode solicitá-los em sua agência bancária se preferir.

Administrador

Responsável pelo funcionamento do fundo. Controla todos os prestadores de serviço e defende os interesses dos cotistas. 

Gestor

Responsável pela compra e venda dos ativos do fundo (gestão), segundo objetivos e política de investimento estabelecida no regulamento.

Custodiante

Responsável pela guarda dos ativos do fundo. Responde pelos dados e envio de informações dos fundos para os gestores e administradores.

Distribuidor

Responsável pela venda das cotas do fundo. É contratado pelo administrador.

Cotista

Aquele que aplica em um fundo de investimento independente do valor.

Regulamento

Documento que estabelece as regras de funcionamento e operacionalização de um fundo de investimento, segundo a legislação vigente.

Prospecto

Documento que contém informações relevantes para o investidor relativas à política de investimento do fundo e os riscos envolvidos.

Termo de Adesão e Ciência de Risco

É o documento em que você atesta que recebeu o regulamento e está ciente dos riscos e da política de investimento do fundo. Obrigatoriamente, deve ser simples, com 5.000 caracteres no máximo, e explicitar os cinco principais fatores de risco da carteira.

Patrimônio Líquido

Representa a diferença entre o valor dos ativos e dos passivos. No caso dos fundos de investimento, o patrimônio líquido é a soma de todos os ativos e operações do fundo, depois de descontados os custos e as taxas.

Valor da Cota

É o patrimônio líquido do fundo dividido pelo número de cotas. As cotas têm um valor que, ao longo do tempo, pode aumentar (quando as aplicações se valorizam) ou diminuir (quando os investimentos não são tão bem-sucedidos). Todos os dias o administrador calcula e divulga o valor da cota.

Taxa de Administração

Valor percentual pago pelos cotistas de um fundo para remunerar todos os prestadores de serviço que são contratados para o bom funcionamento do fundo.

Taxa de Performance

Percentual cobrado do cotista quando a rentabilidade do fundo supera a de um indicador de referência. Nem todos os fundos cobram taxa de performance.

Fonte: http://www.comoinvestir.com.br/fundos/guia-de-fundos/por-dentro-dos-fundos-de-investimento/paginas/default.aspx

 

 

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação